História de pirata de Watchmen pode virar animação

0
378

Há três semanas, comentou-se que o futuro DVD de Watchmen poderia conter, como parte da versão estendida do filme, a trama paralela dos Contos do Cargueiro Negro, um desejo antigo do diretor Zack Snyder. Agora uma surge uma outra opção.

Segundo o site CHUD, os realizadores estudam fazer os Contos em forma de animação e lançá-la em DVD simultaneamente à estréia de Watchmen nos cinemas. Independente do formato escolhido, pela quantidade de rumores parece certo que a Warner Bros. liberou a verba para Tales of the Black Freighter, cujo orçamento foi separado do resto de Watchmen no início da produção.

O que são os Contos? Nas primeiras edições da HQ, Alan Moore e Dave Gibbons usam como contraponto à carga dramática principal uma subtrama de um garoto lendo um gibi de piratas. O gibi chama-se Contos do Cargueiro Negro (Tales of the Black Freighter), e a edição traz a macabra história Marooned (Ilhado) – sobre um marujo preso numa ilha deserta que deixa de lado toda sua humanidade para salvar a si mesmo e sua família. O ponto alto é quando ele constrói uma jangada com corpos putrefatos de piratas, os gases da decomposição mantendo a nau flutuante.

Outra peculiaridade da graphic novel que não deve arrumar espaço ou tempo na telona são os trechos do livro “Sob a Máscara“, que conta a história de dos combatentes do crime e da equipe que eles integravam nos bons tempos, os Minutemen. Ainda de acordo com o CHUD, a WB quer aproveitar esses trechos na forma de um programa de TV, do tipo E! True Hollywood Story, mas com estética dos anos 60. Vale lembrar que a primeira vez que Snyder falou sobre a possibilidade da inclusão desse material foi ao Omelete. Confira.

Novamente, a dúvida é a mesma dos Contos: se o material for mesmo produzido, seria para acompanhar a estréia do filme ou seria para forrar o posterior DVD de Watchmen?

O filme estréia em 6 de março de 2009.

Fonte: Omelete

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.