Spoiler: Mark Waid fala sobre os rumos do Flash

0
346

Muito tem acontecido ultimamente com o Flash. Na revista The Flash – The Fastest Man Alive, durante o arco Full Throttle, Bart Allen é assassinado. Paralelamente, nas revistas da Liga da Justiça e da Sociedade da Justiça, durante o arco Lightning Saga, uma versão da Legião dos Super-Heróis retorna ao passado para ressuscitar um herói. A missão é bem-sucedida, porém quem retorna é Wally West, acompanhado de sua esposa Linda Park e dos dois filhos, Iris e Jai.

A partir daí, Mark Waid assumiu os roteiros do herói da DC Comics, no especial All Flash e no título mensal, a partir de Flash #231. Nessa última, os leitores descobrem que as duas crianças também possuem superpoderes e que, junto com o pai, dão os primeiros passos para se tornarem combatentes do crime. Waid revelou algumas novidades sobre o que vem por aí nas histórias do velocista escarlate.

Há algumas questões em aberto, como por exemplo, de onde veio toda aquela aparelhagem que Wally e Linda mantêm no porão de sua casa. Waid disse que prefere não revelar todos os segredos de uma só vez. “O roteirista John Rogers e eu estamos colaborando com Doug Braithwaite em uma história de apoio em quatro partes, que vai mostrar o mundo onde Wally e sua família estiveram antes de retornar, pelo ponto de vista dos Flashes. É a partir daí que a história começa a ser revelada, retornando para a trama principal”.

Flash #233 A primeira parte da história de apoio é com Jay Garrick, a segunda é uma história com Barry Allen e Iris West Allen, a terceira com Wally e Impulso, enquanto a última parte é definida por Waid como “uma história atual sobre o que aconteceu logo antes de Lightning Saga”.

Waid também falou que tem planos futuros para Iris West Allen, mas que ela só vai aparecer na trama principal na quarta parte do arco atual do Flash. “Ela seria uma avó terrível se não participasse da vida dos netos”. Uma declaração estranha da parte de Waid, já que Iris não é mãe de Wally, mas sua tia.

Em breve, a família se encontra com a Liga da Justiça. Na pauta do encontro, a discussão sobre ser ou não uma boa idéia levar duas crianças para combater o crime. Mas Waid fez questão de enfatizar que, em sua essência, as histórias do Flash não são tragédias.

Sobre Bart, Waid declarou que não tem planos imediatos para o personagem, mas que a história dele e de Inertia ainda não acabou.

O Flash é o homem mais rápido do mundo. Várias pessoas já estiveram por trás do uniforme do velocista escarlate. O primeiro foi Jay Garrick (no Brasil conhecido como Joel Ciclone), sucedido por Barry Allen, que após sua morte foi substituído por seu parceiro, Wally West, ex-Kid Flash.

O roteirista e editor norte-americano Mark Waid começou na Fantagraphics Books, com Amazing Heroes. Logo foi contratado pela DC Comics, onde trabalhou em títulos como Secret Origins e Legião dos Super-Heróis. Em 1992, Waid começou a escrever a revista do Flash, na qual permaneceu por cerca de oito anos. Entre seus trabalhos mais conhecidos, figuram as minisséries O Reino do Amanhã e Superman – O Legado das Estrelas, entre outros. Atualmente, além do Flash, Waid escreve The Brave and The Bold para a DC Comics.

Fonte: HQ Maniacs

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.