SDCC: Ellis, Bianchi e muito mais sobre X-Men

2
224

Atenção! Esta notícia contém informações sobre histórias ainda não contadas no Brasil

Durante a San Diego Comic Con, a Marvel Comics revelou algumas informações sobre Messiah Complex, a saga que em 2008 promete redefinir (sim, leitor, de novo) a situação dos mutantes da Terra 616. Também foi revelada a nova dupla criativa de Astonishing X-Men: Warren Ellis e Simone Bianchi. Mais um ano… mais uma mega-saga

No painel dedicado aos títulos X, o grande destaque certamente foi Ed Brubaker, que revelou que todos os acontecimentos de Uncanny X-Men levam diretamente a Messiah Complex. Também participaram do painel os editores Jim McCann e Axel Alonso, além dos roteiristas Mike Carey, Marc Guggenheim, Daniel Way, Peter David, Christopher Yost  e CB Cebulski.

Peter David revelou que em seu X-Factor os mutantes serão vistos como uma espécie em extinção, e os roteiros vão tratar justamente sobre a forma como a lei vai encará-los, dando ou não proteção a estes seres. Já Guggenheim promete a introdução de um novo vilão no universo de Wolverine, que será decisivo em sua próxima fase.

Ao falar de Messiah Complex, Brubaker disse que todos ali ajudaram muito para a fundamentação da nova mega-saga (na verdade ele brincou no meio da frase, dizendo que apenas Guggenheim e Way não ajudaram em absolutamente nada). Messiah Complex tem como objetivo recuperar um pouco da atmosfera perdida nos anos 60, quando o leitor Marvel não sabia o que podia esperar a cada semana. As coisas ficaram seguras por muito tempo. Agora a Marvel quer recuperar um pouco do perigo e do entusiasmo que ficaram no passado”, revela.

Quando alguém da platéia perguntou se Cable, morto recentemente, poderia voltar em Messiah Complex, Axel Alonso disse que todos ficaram horrorizados quando Mike Carey escreveu a morte de Cable, e agora temos que esperar para ver o que acontece. No painel também foi revelado que a revista Deadpool/Cable pode mudar de nome, uma vez que Deadpool fará dupla com Wolverine.

Sobre a Feiticeira Escarlate, quando alguém perguntou se ela voltaria a ser vista nas histórias dos mutantes, Brubaker respondeu: “Certamente sua influência será sentida durante Messiah Complex.

Os painelistas revelaram que Gambit pode voltar a alguma das equipes X e que além de Wolverine outro mutante pode ganhar um título próprio. Embora o nome do personagem não tenha sido revelado,  Axel Alonso se disse um grande fã de Bishop, respondendo a uma pegunta feita logo depois do anúncio.

A respeito de um crossover dos personagens X com os Jovens Vingadores, McCan disse que seria uma ótima idéia, mas com um porém: “Jovens Vingadores são os bebês de Allan Heinberg, e qualquer atividade com os personagens só será realizada com a participação dele”.

Grandes sagas trazem grandes repercussões

Durante a convenção, o desenhista Simone Bianchi e o roteirista Warren Ellis falaram sobre como pretendem assumir Astonishing X-Men, substituindo Joss Whedon e John Cassaday. A nova dupla criativa estréia em 2008, logo depois da saga Messiah Complex.

O desenhista reconhece que embora tenha passado recentemente, e com muito sucesso, por uma série de histórias de Wolverine, será muito difícil desenhar Astonishing na seqüência de John Cassaday. “Esses dias meu agente de arte me falou que isso que vou fazer agora é o que eu sempre quis. Então me lembrei de um velho ditado italiano que diz: se você pediu a bicicleta e a ganhou, não se esqueça que agora é hora de aprender a montá-la”, disse.

Ellis não poupou palavras para definir sua passagem por Astonishig X-Men. O roteirista procurou deixar bem claro que não produzirá um seqüência direta dos arcos de Joss Whedon, mas também não destruirá aquilo que o escritor anterior passou anos montando. No entanto, ele irá se apropriar sim de elementos de fases anteriores dos mutantes. Tanto as mutações secundárias, criadas por Grant Morrison e deixadas um tanto quanto de lado depois de sua saída, quanto o número oficial de mutantes existente na Terra depois de Dinastia M servirão como base para a nova fase.

“Os números oficiais do Universo Marvel dizem que ao todo existem hoje 198 mutantes vivos no planeta. Eu quero perguntar como essa contagem foi feita pelos governos. É possível que países como Nigéria ou Zimbabwe, por exemplo,  tenham recursos para contar seus mutantes? E mesmo que possam contar, é de seu interesse divulgar? É fato que a Nigéria tem 3% de sua população infectada por HIV e a expectativa de vida lá é de apenas 47 anos. Há pouco tempo uma equipe da CNN foi banida do país por tentar mostrar um pouco do que acontece lá dentro. Certamente muita coisa que acontece na Nigéria, e em muitos outros países, não chegam ao conhecimento do mundo exterior”,  explica.

O roteirista prossegue, falando um pouco (e ironizando) sobre o tom que vai adotar em suas histórias: “Vai ser o usual das minhas tramas. Vou mexer em tudo que você sabe e gosta dos personagens desde a sua infância. Vou escrever usando a minha opinião e a minha personalidade, o que certamente vai refletir em coisas que você pode não concordar. É tudo que as pessoas odeiam nos comics comerciais atualmente. No entanto, é tudo que eu nasci para escrever. É um mundo engraçado mesmo”.

Fonte: HQ Maniacs

2 COMMENTS

  1. Os x-men tão precisando de um roteirista de impacto,com o chris claremont,que trabalhou numa fase memorável dos mutantes;exemplo:a saga da FÊNIX,envolvendo o clube do inferno.Aquilo sim foi saga;porém,não esquecendo de outro arco de his~´orias que marcaram o universo marvel,como “a era do apocalipse”,”massacre”,entre outros!Nisso,deixo um abraço a galera responsável por esse site.

  2. Valeu Ronaldo pelo abraço. Eu sou suspeito de falar do Claremont porque também sou um grande fã dele. Aliás a minha história preferida nos quadrinhos é o Julgamento de Magneto que saiu na saudosa X-Men #24 da editora Abril. É o tipo de história que pelos menos uma vez no ano eu tenho que ler novamente. Mas tenho que admitir aquele X-Men Revolution foi uma bela de uma porcaria…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.