Alex Ross e Jim Krueger anunciam Superpowers

0
689

A dupla Alex Ross e Jim Krueger – os dois responsáveis pela minissérie Justiça – anunciaram um novo projeto. O próximo título da dupla vai se chamar Superpowers e será publicado pela Dynamite Entertainment. As capas e a concepção dos personagens são de Ross, que também vai escrever o roteiro junto com Krueger. A revista tem o lançamento previsto para o final do ano. Em suas páginas, os leitores verão o retorno de diversos heróis e vilões da Era de Ouro dos quadrinhos, todos atualmente de domínio público.

A Segunda Guerra Mundial marcou o surgimento da era dos seres superpoderosos. No entanto, com o final da guerra, essas pessoas desapareceram. Superpowers resgata as histórias desses homens e mulheres com habilidades incríveis que mudaram o curso da humanidade. O tema central é o conflito entre o poder das nações e o poder concentrado em um único indivíduo. De acordo com Ross, a trama trata da noção de que nações superpoderosas podem corromper indivíduos superpoderosos, usando e abusando deles, ou os subjugando, como já foi explorado em títulos como O Reino do Amanhã e Guerra Civil. A história começa quando o protagonista, Fighting Yank, descobre que o fim se aproxima e que resta pouco tempo para consertar um grande erro que cometeu, embora pensasse que estava fazendo a coisa certa.

Entre os personagens, figuram nomes como Black Terror, definido por Ross como uma espécie de Superman pirata. O personagem surgiu em 1941, publicado pela Nedor Comics e, mais recentemente, apareceu nas páginas de Tom Strong e Terra Obscura, de Alan Moore. O Green Lama é, como o nome sugere, um lama, seguidor do budismo tibetano, personagem oriundo de antigas revistas pulp. The Death-Defying Devil surgiu na década de 40, quando ainda usava o codinome de Daredevil (atualmente, esse nome pertence ao Demolidor).

Samson surgiu em 1939, em Fantastic Comics #1. O roteirista dessa história não foi creditado, mas supõe-se que tenha sido Will Eisner. Para Ross, ele é o arquétipo de heróis como Thor ou Hércules. O personagem é cego, tal qual o Sansão bíblico. The Crusaders foram inspirados no American Crusader, outro herói da década de 1940, nascido nas páginas da Thrilling Comics e que também apareceu em Tom Strong recentemente.

Nem todos os personagens saíram de quadrinhos dos anos 40. The American Spirit é uma criação de Ross, que o define como a personificação de personagens patrióticos, uma espécie de espírito que se manifesta em todos eles.

O desenhista de Superpowers ainda não foi revelado pela Dynamite, bem como o formato ou data de lançamento. A editora indicou que pretende lançar a revista como um especial ou uma minissérie, que servirá de ponto de partida para uma série mensal.

Alex Ross é um artista americano, mais conhecido pelos trabalhos foto-realistas e pelas séries de sucesso que ilustrou tanto para a Marvel Comics como para a DC Comics. Sua preferência pelo visual clássico e pelo aspecto “maior que a vida” dos super-heróis também o fez conhecido. Além de ter contribuído para a criação de obras marcantes, como Marvels e O Reino do Amanhã, Ross é um dos responsáveis – ao lado de Brent Anderson e Kurt Busiek –, pela criação de Astro City, famosa série que lida justamente com a mitologia dos super-heróis. O trabalho de Ross pode ser conferido atualmente no Brasil na minissérie Justiça, publicada pela Panini Comics.

 

Fonte: HQ Maniacs

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.