Animação com super-heróis brasileiros deve chegar aos cinemas em 2008

3
1049

Eles querem ser a Marvel brasileira. Anísio Serrazul e Fábio Azevedo, sócios da ND Comics, criaram os “Guerreiros da tempestade“, o primeiro time de super-heróis nacionais que pode ultrapassar o “gueto” dos fãs de quadrinhos. E, assim como a editora do Homem-Aranha, apostam no cinema para popularizar seus personagens. Acabou de entrar em produção um desenho animado com os “Guerreiros da tempestade“, previsto para estrear em meados de 2008. Será feito pelo mesmo estúdio que produziu “Turma da Mônica – uma aventura no tempo“, utilizando a mesma tecnologia que mistura 2D com cenários 3D.

O filme vai mostrar as origens dos heróis brazucas, que se aventuram somente em solo nacional, não usam máscara, atendem por nomes como Tiago ou Rodrigo e vivem em cidades como Petrópolis, São Paulo e Goiânia. Mas, como seus pares americanos, têm uniformes estilosos, super-poderes quase divinos e apelidos como Trovão, Tornado e Cósmico. Todos são fruto da imaginação de Anísio Serrazul, um quadrinista de 40 anos que acaba de deixar seu emprego de funcionário público para se dedicar em tempo quase integral a seus personagens, junto com o sócio Fábio Azevedo.

Sediada em Goiânia, a ND Comics ainda está longe da Marvel Comics, mas, em dois anos de existência, já avançou bastante. Edita duas revistas em quadrinhos mensais estrelando os super-heróis, com uma tiragem conjunta de 100 mil exemplares.

“Os ‘Guerreiros da tempestade‘ estão dando certo graças a uma lacuna no mercado. Faltavam heróis com temática nacional”, explica Fábio. “As cenas acontecem no nosso cotidiano, sempre exaltando o que temos de bom.”

A história dos “Guerreiros da tempestade” não tem apenas cenários brasileiros. A política nacional também é um fator importante, tanto que o vilão é um senador e até a campanha “Diretas já” faz parte do enredo. Outro tema em voga aparece na história: os heróis ganharam seus poderes através da manipulação genética. “Isso é fazer quadrinho adulto”, diz Anísio Serrazul.

Adulto, para Anísio, não significa violento. Nos quadrinhos da ND não há violência extrema, palavrões, nem sangue. “O Homem-Aranha não tinha nada disso. É baseado no humor, por isso faz sucesso”, afirma Anísio, que tem uma visão bastante empresarial de suas criações. “A revista em quadrinhos é vitrine. É ela que gera filmes, gera outras coisas. É um investimento.” A intenção de Anísio é recuperar o dinheiro investido nos quadrinhos licenciando produtos baseados nos heróis, de brinquedos a desenhos animados para a TV.

Por enquanto, as revistas são desenhadas e roteirizadas pelo próprio Anísio, que finaliza as 23 páginas em menos de um mês. Crítico, relançou os primeiros números de “Guerreiros da tempestade” por não gostar dos desenhos que havia feito. Essas edições foram alvos de muitas críticas. “Há um preconceito terrível contra os quadrinhos brasileiros, dos próprios brasileiros. Esperam que a gente seja igual ao Alan Moore (criador de ‘V de vingança’) ou Frank Miller (‘300‘).”

Fonte: G1

3 COMMENTS

  1. ESTE PAPO SOBRE OS CAVALEIROS DA TEMPESTADO É SÉRIO OU É MAIS UM BOATO SOBRE HERÓIS BRASILEIROS? DIGO ISTO PORQUE ESTAVA GOSTANDO DO GIBI DESTES PERSSONAGENS E DE REPENTE….VUUPPPTTTT!!; COMO TODAS AS OUTRAS TENTATIVAS DE OUTROS HERÓIS BRASILEIROS SUMIU DE REPENTE DAS BANCAS. ESTA CAPA QUE ESTA NESTE SITE EU NUNCA VI NAS BANCAS QUANDO PROCUREI E AINDA DIZER QUE VAI FAZER UM DESENHO ANIMADO DELES! SÓ ACREDITO VENDO; AGORA SE REALMENTE ISSSO ACONTECER, VOU FICAR FELIZ PELO AUTOR POIS JA TORÇO HÁ ANOS PARA VER UM GIBI DE SUPER HERÓIS BRASILEIROS DAR CERTO. E POR FAVOR NUNCA APELEM PARA NAMOROS, SEDUÇÕES NESTA LINHA DE FICÇÃO DE QUADRINHOS PORQUE PARA MIM ISTO É APELO! CONCENTREM -SE NA FICÇÃO, NAS HISTÓRIAS QUE É O MAIS IMPORTANTE ASSIM OS LEITORES FICAM VIDRADOS AGUARDANDO O PRÓXIMO NÚMERO. MAS NOVAMENTE; CADÊ OS GIBIS DOS CAVALEIROS DA TEMPESTADE NAS BANCAS? SEM OS GIBIS NAS BANCAS COMO LEITORES COMO EU PODEM AJUDAR NA CRIAÇÃO DE GIBIS DE HERÓIS. TENHO MUITA COISA PARA FALAR ACREDITE ATÉ NO MEU UNIVERSO DE SUPER HERÓIS QUE É FACINANTE MAS QUE NÃO ENTRA NO PAPEL PORQUE NÃO TENHO TEMPO PARA FAZER ISSO, MAS GOSTARIA MUITO DE MONTAR UMA EQUIPE PARA LEVAR ELES PARA AS BANCAS E ACREDITEM; TODOS IRIAM GOSTAR. CONTINUEM DANTO ESTA INJEÇÃO DE ÂNIMO NOS NOVOS PERSONAGENS DE HERÓIS BRASILEIROS SÓ ASSIM ALGUM DIA CONSEGUIREMOS LANÇAR UM QUE NUNCA MAIS SAIRÁ DAS BANCAS; E QUEM SABE ATÉ EXPORTAR PARA TODA A AMÉRICA LATINA?
    TUDO DE BOM PARA TODOS!

  2. Acho a idéia muito bacana,espero que saia do papel por que não investir em quadrinhos brasileiros,o Brasil tem bons desenhistas e bons roteiristas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.