Zack Snyder comenta Watchmen

0
256

Em entrevista à revista Wizard, o diretor Zack Snyder falou sobre o sucesso de 300 e sobre Watchmen.

“A Warner Bros. me deu de presente um Aston Martin depois de 300, o que foi uma gentileza. Mas eu não posso fazer com Watchmen o que me der na telha, como dizem”, começou. “E há uma pressão para fazer uma continuação de 300. Pessoalmente, não tenho idéia do que é possível fazer. Eu teria que esperar Frank [Miller, autor da HQ que deu origem ao filme] escrever e depois teria que pensar se é uma boa idéia. As pessoas me pedem uma continuação de Madrugada dos Mortos, daí eu digo que dá pra combinar os dois filmes, já que você bem sabe o que acontece com os espartanos no final de 300.”

“Com Watchmen ainda é difícil, porque estamos indo para um filme de censura R [menores de 17 só podem ver com aval dos pais], o que é um risco em termos de bilheteria. E é difícil para o estúdio acreditar em um filme que tem super-heróis falíveis. De certo modo, eles me deixaram fazer o que eu queria com 300 porque me deram pouco dinheiro. Com Watchmen é a mesma coisa. E eu não diferencio o filme do marketing do filme. Eu fico pensando ‘que cenas vou incluir no trailer?’, ‘que imagens vão atrair o público’. Não pensar desse jeito é ser naïve no meio do processo”, continua.

“Quais são as imagens que eu preciso aqui? Dr. Manhattan com 60 metros de altura andando sobre o Vietnã, o Comediante atirando em vietcongues com um rifle calibre .50 e botando fogo na vila… Ou Rorschach sendo pego pela SWAT – essa é uma sequência legal. São imagens que te desafiam do mesmo jeito que o filme desafiará. Quando você vir o trailer de Watchmen, você vai dizer ‘Puta merda, isso é insano! Eu preciso assistir isso!'”, completa.

Snyder começa a filmar em setembro.

Compre aqui as novas edições de Watchmen, volumes 1, 2, 3 e 4.

Fonte: Omelete

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.