Roteirista de Shazam! detona roteiro de Homem-Aranha 3

0
234

A crítica do Omelete de Homem-Aranha 3chamou atenção para o excesso de acasos convenientes que mina o roteiro do filme. É o mesmo tema que John August aborda agora em seu célebre blog. August, roteirista do futuro Shazam!, dá algumas lições aos aracno-roteiristas.

Como muita gente não viu o filme ainda, não dá pra traduzir literalmente o post. Dê uma passada por lá e encare os spoilers por conta própria. O que vale reproduzir aqui são as ponderações de August – que tem no currículo bons filmes de Tim Burton, como A fantástica fábrica de chocolate, Peixe grande e A Noiva-Cadáver – acerca de deslizes pontuais.

Primeiro, o roteirista separa as coincidências fundamentais, parte integrante de qualquer filme de super-herói (a aranha picar Peter e o simbionte cair perto dele são coincidências fundamentais, pois fazem parte da premissa), das coincidências menores. Gwen Stacy precisa mesmo ser companheira de laboratório de Peter? Precisamos realmente da retificação de continuidade da morte do Tio Ben? Eddie Brock não poderia estar há algum tempo no Clarim Diário? Se ele e Peter já tivessem um certo histórico ao invés de Eddie chegar justo agora, seria ótimo”, recomenda.

“Ao invés de pedir que o público engula um monte de pequenas implausibilidades, tente construi-las juntas. Imagine se na série Heroes cada um tivesse uma origem diferente. Você se frustaria rápido, porque boa parte do tempo seria desperdiçada explicando de onde vieram os poderes de cada um. Ao invés disso, os criadores espertamente inventaram a mutação genética para todos. Para Homem-Aranha 3, não tenho respostas mágicas para linkar cada arco de personagens – a única mágica seria eliminar alguns, o que não seria um mau começo.”

August acaba sugerindo correções. “Se o roteiro tivesse caído na minha mesa um mês antes das filmagens, eu pensaria algumas coisas. Um asteróide parece acaso, mas uma chuva de meteoros soa como um acontecimento que exige a presença de um super-herói. Essa chuva de meteoros não poderia se sobrepor à transformação do Homem-Areia de alguma forma? O Aranha não poderia estar perseguindo Marko na hora da transformação? Não seria melhor se o simbionte perseguisse Peter, por ser a criatura mais forte por perto?”

“Minha idéia não é acabar com o Aranha, mas pedir que leitores-roteiristas dêem uma olhada mais atenta no papel que a coincidência exerce em seus próprios scripts”, conclui August imodestamente.

[tags]Homem-Aranha 3[/tags]

Fonte: Omelete

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.