Morte: Neil Gaiman explica como aceitou dirigir o filme

0
201

Durante a entrevista de divulgação do filme Stardust que deu ao Omelete, Neil Gaiman falou brevemente sobre o longa-metragem baseado em Morte e Sandman, duas de suas criações em quadrinhos para a DC/Vertigo.

O filme da Morte, produzido por Guillermo Del Toro, se baseia, especificamente, na minissérie Morte – O Alto Preço da Vida. Guillermo me fez uma oferta: eu mesmo devo dirigir esse filme. Ele me disse: ‘Vou te fazer uma oferta que nunca fiz a ninguém e talvez nunca mais faça na vida. Se você quiser, pode passar duas semanas em Budapeste comigo, onde vou filmar Hellboy 2, um filme de orçamento de 90 milhões de dólares. Você pode me seguir para todo lado, ouvir todas as conversas que eu tiver com os atores, conversas com gente do departamento e sempre que quiser pode me puxar de lado e perguntar o que quiser’. E eu pensei que normalmente não se fazem propostas como essa”, conta Gaiman.

“Então considerei a oferta de Guillermo por uma fração de segundos e concordei em visitá-lo em Budapeste. Passei duas semanas com ele e depois retornei a Budapeste na volta da minha viagem à China via Itália… E foi sensacional. A coisa mais importante que eu aprendi com Guillermo que eu não tinha aprendido dirigindo meus próprios trabalhos é que quando Guillermo assiste a uma cena gravada em que eu pensaria ‘isso, está bom’, ele pede mais takes e puxa um pouquinho mais e mais até chegar ao ponto em que ele consegue exatamente o que queria. E para mim essa é a coisa mais incrível: ver o ponto de perfeição que se pode alcançar”, emendou.

No fim, Gaiman aceitou a proposta de dirigir o filme. Controle assim ele não terá, porém, em um possível filme de Sandman.

“Sandman foi um contrato assinado em 1987 com a DC Comics, muito antes de eu me tornar famoso. A DC pertence ao grupo Warner e eles, como donos, sabem que Sandman é uma das jóias da coroa. Mas eles também sabem que seria um filme muito caro, então não sabem o que fazer. Eu prefiro muito mais não ver um filme de Sandman do que assistir a um filme ruim de Sandman. Eu ja consegui impedir que alguns filmes ruins de Sandman fossem feitos. Mas acho que um dia vai aparecer alguém com o mesma paixão e comprometimento que Peter Jackson dedicou a Senhor dos Anéis. Talvez quem sabe um garoto que esteja começando a fazer cinema agora e que se torne um dia tão poderoso em Hollywood que seja capaz de fazer um bom filme do Sandman. Eu adoraria ver isso acontecer”, disse.

Fonte: Omelete

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.