Frank Miller comenta tecnologia e elenco em The Spirit

0
916

The Spirit, adaptação para as telas dos quadrinhos de Will Eisner que Frank Miller roteirizou e dirige, abriu as portas do seu set em Albuquerque, Novo México, para a imprensa online dos EUA. Já na metade dos cerca de 50 dias de filmagens, Miller comentou o longa.

Como as filmagens acontecem somente diante do fundo verde – o cenário será inserido por computação ao longo do ano que vem – o roteirista/diretor ainda não sabe bem o que os desafios tecnológicos o esperam. "No momento, é quase assustador o nível de possibilidades e oportunidades. A tecnologia está explodindo ao nosso redor – belas colisões de animê, live-action, HQs… Um dos desafios para um diretor que usa tanta tecnologia digital à disposição é saber bem o que não fazer. Você se diz ‘eu poderia fazer isso’. Mas a questão é: ‘eu deveria fazer isso?’."

Sobre o elenco e a representação do vilão: "Eva [Mendes], além de ser linda e talentosa, tem uma certa ira contida. Ela tem essa força que a personagem realmente precisa. Sam Jackson eu escolhi para ser Octopus porque sempre quis trabalhar com ele. Octopus sempre foi um vazio nos gibis, e eu não conseguiria fazer um filme com um vilão que passa duas horas sem mostrar o rosto. Então eu procurei o ator perfeito para ser o nêmesis do Spirit". Miller só não contou em que ponto do filme revelará o rosto do vilão…

As filmagens seguem sem pausa pelos feriados de fim de ano. O filme será inteiramente rodado no Albuquerque Studios, no Novo México. A Lionsgate planeja lançá-lo em 16 de janeiro de 2009.

Fonte: Omelete

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.