Zack Snyder detalha Watchmen na Comic-Con

0
508 views

O pster exclusivo criado por Dave GibbonsA grande atrao da manh da apresentao da Warner Bros na Comic-Con 2007 foi Watchmen, adaptao para o cinema da obra em quadrinhos que considerada uma das melhores j criadas.

Zack Snyder, o diretor, fez um enorme monlogo falando da adaptao, seguido pelo anncio do elenco e a entrada de Jackie Earle Haley (Rorschach) e Malin Akerman (Espectral), dois integrantes do elenco. Depois da introduo, Snyder respondeu perguntas – inclusive de fs fantasiados de Rorschach e Coruja

“O que legal sobre a graphic novel que cada pessoa tem sua prpria experincia ao ler Watchmen. Para mim, ela legitimou o que eu achava que as histrias em quadrinhos so: no apenas entretenimento, mas tambm uma fonte de idias poderosas “, disse o cineasta. “Quando comearam a falar sobre um filme de Watchmen e me convidaram, inicialmente eu disse no. Achei a idia de levar a HQ ao cinema absurda. Mas depois fiquei pensando e mudei de idia. Voltei para ouvir as idias deles. Eles [o estdio] queriam atualizar a histria, coloc-la nos dias de hoje, mas eu os convenci do contrrio – muito melhor deix-la em 1985. mais importante ser fiel histria original que tentar colocar coisas nela, mostrar a minha viso. Afinal, quem se importa com o que penso?”, comentou.

Sobre a questo da censura, Snyder disse que a idia original da Warner era ter um filme censura 13 anos. “ difcil pra eles entenderem que no se trata de um filme de super-heris tradicional, mas superamos essa fase e agora estamos fazendo um filme censura 18 anos, obviamente”. Watchmen, segundo o diretor, vai tornar o gnero irreconhecvel no cinema. “O problema disso o oramento. claro que eles me dariam mais grana se fosse um filme convencional, mas no o caso. Ento temos que usar muita computao grfica em algumas partes – especialmente nas cenas com o Dr. Manhattan e Marte“, continuou. Mas s lembrar do que ele fez com 60 milhes em 300 para que todas as ressalvas ao custo sejam jogadas em terceiro plano…

Sobre o elenco, Zack disse que “temos atores de verdade nele. Estamos deixando os caras do marketing assustados. No h nomes conhecidos pra eles colocarem no pster. Mas fiz isso em 300 e deu certo…”

O cineasta comentou tambm a idade do elenco. “Muita gente reclamou que eles so muito jovens para os papis. Mas ns tivemos que escolher gente que pudssemos envelhecer e rejuvenescer para as diversas partes do filme. No queramos ter dois atores – um novo e um mais velho – para os mesmos papis”.

Sobre o Dr. Manhattan, que ser vivido por Billy Crudrup, Snyder confirmou que, sim, existiram discusses com Keanu Reeves no passado, mas Crudrup acabou contratado. O personagem, depois de receber seus poderes, ser totalmente gerado por computao grfica, com tecnologia de captura de performance. “Queramos algo mais que humano, no um cara pintado de azul. Um personagem que brilhasse de verdade e parecesse meio irreal”. Outros comentrios sobre efeitos e visual incluram uma meno ao estilo do filme, “algo parecido com Se7en, meio estilizado, mas ainda assim realista”. E a arte da HQ parece que ser usada quase como um storyboard. “Se eu no seguisse o visual seria um merda. J est pronto – pra qu reinventar?”

O diretor informou ainda que est atualmente tentando conseguir verba para rodar o filme dentro do filme, a histria de piratas, que ele considera importantssima. “So dois roteiros separados, com oramentos separados”, explicou.

Pra completar, Snyder disse que Alan Moore segue sem querer seu nome envolvido com qualquer adaptao de seu trabalho – e que ele respeita isso. “Hollywood errou com ele vezes demais. Mas converso o tempo todo com [o ilustrador] Dave Gibbons”. Mas Snyder torce para que, algum dia, Moore assista ao seu filme e diga “sabe, at que no ficou to ruim…”

A apresentao foi encerrada com a revelao de um pster exclusivo para a Comic-Con, ilustrado por Dave Gibbons, mostrando o Comediante.

Fonte: Omelete