Embaixada iraniana no Brasil condena exibio do filme 300

1
880 views

A embaixada do Ir no Brasil divulgou nesta quarta-feira (04) uma declarao imprensa acusando o filme 300 de “tentar promover, atravs da arte, o conflito entre as civilizaes”.

A declarao comea lembrando que o filme foi baseado “em um romance do escritor Frank Miller” e no tem qualquer fundamento histrico (veja aqui a verdadeira histria por trs da histria do filme). Na verdade, 300 baseia-se em um lbum em quadrinhos de Miller, que desenhista e roteirista.

Veja a ntegra da declarao feita pela embaixada do Ir condenando “300”

Segundo a declarao, o filme distorce a histria e d apoio s “polticas blicas dos governantes neoliberais dos Estados Unidos”, alm de mostrar que “Hollywood est sob o domnio total do governo norte-americano.”

A embaixada condenou a exibio do filme, que em seu primeiro final de semana nos cinemas brasileiros j se tornou o mais visto do ano. A declarao afirma que 300 uma “tentativa sionista de distorcer e ofender a rica cultura iraniana.”

A declarao ainda traz um trecho em que acusa o cinema de Hollywood de promover o “dio e o terrorismo”, em contraponto ao cinema iraniano, que promove o cinema da “paz e amizade”.

Por fim, o texto afirma que o “povo instrudo do Brasil sabe que esse filme jamais poder macular a gloriosa histria do Ir.”

Notcia retirada do site G1